Nova opção de tratamento aprovada pela ANVISA

Nova opção de tratamento aprovada pela ANVISA inibe a progressão radiográfica da Artrite Psoriásica e espondilite anquilosante em mais de 80% dos pacientes

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) aprovou duas novas indicações de Cosentyx (secuquinumabe), medicamento da Novartis, para o tratamento de pacientes com espondilite anquilosante (EA) e artrite psoriásica (AP). EA e AP são doenças reumatológicas inflamatórias crônicas, que afetam pequenas e grandes articulações e também a coluna vertebral, comprometendo a qualidade de vida e causando dor, deformidades e incapacidade física dos pacientes. Se não tratada de forma efetiva, ambas podem evoluir para perda irreversível dos movimentos causados pelos anos de inflamação.
No Brasil, estima-se que cerca de dois milhões de brasileiros sofram com a EA, enquanto mais de 900 mil pacientes têm artrite psoríasica. Atualmente, 20 a 40% dos pacientes com EA tratados com terapia anti-TNFα (anti-Fator de Necrose Tumoral) não apresentam resposta satisfatória a este tratamento ou perdem a eficácia ao longo do tempo ou podem ter apresentado eventos adversos a esses agentes e necessitam outros mecanismos de ação.

Secuquinumabe é primeiro medicamento biológico totalmente humano aprovado no Brasil que inibe a proteína IL-17A, que tem papel chave no processo inflamatório dessas doenças. Em dezembro de 2015, o medicamento já havia sido aprovado para o tratamento de pacientes com psoríase de moderada a grave.
Fonte: Blog Artrite Reumatóide