Psoríase é uma doença inflamatória da pele, crônica, não contagiosa, de causa ainda desconhecida, que afeta de 1 a 3% da população em geral. Atinge indistintamente homens e mulheres, sendo mais freqüente na raça branca. Caracteriza-se pelo aparecimento de lesões róseas ou avermelhadas, recobertas de escamas secas e esbranquiçadas que aparecem, em geral, no couro cabeludo, cotovelos e joelhos. Podendo em outros casos a se espalhar por toda a pele. A doença pode se manifestar logo após o nascimento ou tardiamente no idoso, mas o mais comum é o início entre a 2ª e a 4ª décadas da vida.

Os tipos de Psoríase:

- PSORÍASE EM PLACAS: tipo mais comum, com lesões róseas ou avermelhadas recobertas por escamas de cor branca.

- PSORÍASE INVERTIDA: lesões vermelhas leves que surgem normalmente em regiões de dobra, como axílas e virilhas.

- PSORÍASE EM GOTAS: Segundo tipo mais comum, com lesões pequenas que se assemelham a gotas.

- PSORÍASE PALMO-PLANTAR: Lesões localizadas na palma das mãos ou na planta dos pés.

- PSORÍASE ERITRODÉRMICA: A forma mais grave e menos comum, com inflamações e manchas vermelhas em grandes áreas da pele.

- PSORÍASE UNGUEAL: Quando as lesões de psoríase atacam as unhas, podendo fazer com que elas endureçam e se descolem da pele que está por baixo.

- ARTRITE PSORIÁTICA: Uma pequena porcentagem de portadores de psoríase pode apresentar inflamações nas cartilagens e articulações, desenvolvendo dor física e dificuldade de movimentação.

- PSORÍASE PUSTOLOSA: Forma aguda, com pústulas amicrobianas (embora haja aparência de “pus” as lesões não contém bactérias).